A era das Tablets.

No outro dia estava a ter uma aula de Engenharia de Software 2 (onde estamos em processo de aprender a programar para a plataforma Android) e o stor abordou naturalmente o assunto das tablets, em especial a Galaxy Tab 10.1 da Samsung. Naturalmente, aproveitando isto como uma distracção daquilo que devia estar realmente a fazer, fui procurar em vários websites preços e especificações dessa “nova” tecnologia chamada tablets.

Digo “nova” com direito a quotes porque esta tecnologia não é realmente nova, embora nos queiram fazer acreditar que sim. Já há muito tempo que existem as tablets (com touch e tudo) mas a primeira veio muito cedo e o mundo ainda não estava preparado para a revolução. Para quem esteja entressado em saber mais sobre isto, deixo aqui o link.

Mas isto faz-nos pensar, não faz? A maneira como as coisas evoluiem. Não foi assim há tanto tempo que Bill Gates disse “640K ought to be enough for anybody”.

Entretanto conseguimos computadores relativamente pequenos e estacionários, a que chamamos desktop computers (desktops ou PCs para abreviar). A seguir, houve necessidade, por várias pessoas, sem duvida business people, de trazer consigo o poder de um desktop. E assim nascem os portáteis e os netbooks. Uma forma “cómoda” de trazer, hoje em dia, algo aproximado ao poder de um desktop, pelo menos para coisas como utlizar o email e escrever relatórios/actas/etc.

No entanto, cómoda é uma maneira muito simpática de pôr as coisas. Os ditos portáteis pesam, no mínimo, aproximadamente 2 Kg e os netbooks, além de serem menos poderosos, são muito pequenos para criar um ambiente confortável às necessidades do utilizador. Acreditem em mim, que já tive que fazer uma apresentação powerpoint num!

 

Enter the tablet!

Entretanto com o aparecimento do touch em telemoveis, as empresas tiveram a brilhante ideia de criar uma espécie de netbook sem teclado, o que permite utilizar a completa área do aparelho para um ecrã de dimensões generosas (acertadas em cheio pela Apple com o seu iPad!).

O tablet pc ainda não é considerado uma ferramenta de trabalho. Por enquanto, são na maioria gadjets de entertenimento móvel (e caros). Mas quase todos os dias, nos meus feeds de life hacks, finanças e produtividade, aparecem artigos do estilo “5 productivity apps for (insert tablet/smart phone here)” o que me leva a crer que se estão a fazer esforços para tornar o tablet numa ferramenta de trabalho essencial.

Na minha área, acho que os tablets nunca irão vingar como ferramenta de trabalho, pois programar necessita de IDEs e plug-ins e já é díficil o suficiente com um rato e teclado físicos. O teclado é a maior fraqueza dos tablets. Acredito que com o tempo serão mais desenvolvidos e que teclar num ecrã, sem físicamente carregar nas teclas, se tornará second nature para muitos nós. Por agora, quem quer fazer trabalho extensivo com texto num tablet tem à sua disposição vários teclados externos, seja por USB seja especificamente adaptados para o tablet em questão.

Pessoalmente, se me oferecessem um tablet, ficaria encantada (desde que não fosse o da Toshiba, a sério, o touch é tão mau que me irrita). Provavelmente utilizaria para servir de agenda (ai o jeito que me dava acesso rápido ao google callendar) e de eReader, uma vez que, embora adore ler livros, não gosto tanto de andar com eles às costas. Obviamente que poria vários jogos no disco rígido do dito cujo, não fosse eu a gamer irremediável que sou!

Mas isto não é nada mais do que um rant. O que eu gostava mesmo de saber são as vossas opiniões sobre os tablets. Portanto toca a comentar!

 

, , , ,

  1. #1 by Alexandra Teixeira on Abril 25, 2011 - 00:22

    Acho que as tablets, se bem percebo o conceito, serão um gadget essencial e indispensável no futuro. Em breve se tornarão algo de indispensável, que anda connosco, tal como fazemos com os telemóveis hoje em dia. Tornar-se-ão cada vez mais portable e serão, qui sa, uma extensão de nós mesmos. Sentir-nos-emos nús sem elas atrás de nós on a daily basis. A Toshiba é assim tão má?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: